random songs

\ZINE\

Yuri, do Beally, e uma campanha importante para doação de orgãos e sangue

yuri_doacao_orgaos

Yuri Pinta, o cara por trás do Beally, guitarrista no Oort CLouds, é portador de IRC, Insuficiência Renal Crônica. Por conta de horas na hemodiálise, Yuri resolveu colocar seu rosto nessa campanha depois de ver um post em uma das comunidades de doentes renais. “A pessoa colocou o nome na foto e pronto. Pensei: com um rosto conhecido as pessoas se tocam mais, se solidarizam e bingo! Já são quase 200 compartilhamentos somados. O alcance disso é enorme! Vi os amigos escrevendo textos e explicando o porquê de informar a família que é doador, muitas e muitas pessoas desconhecidas fazendo o mesmo“.

Yuri resolveu se mexer porquê na clínica dele existem quase 130 pacientes esperando há um ano e até agora nenhum deles foi transplantado pela fila. “As pessoas têm medo de doar, existem muitos mitos que são perdurados pela falta de informação. Maneirem no sal e açúcar! Hipertensão e Diabetes são dois dos principais causas para a IRC, só pra constar” explica Yuri.

Yuri só descobriu o problema quando parou no CTI. Os sinais: espuma na urina, dores de cabeça absurdas (“que foram previamente diagnosticadas como enxaqueca por 3 médicos”) pequenas alucinações causadas pela uréia alta. “Falo sempre sobre a questão da creatinina e ureia. Sempre que for fazer exame de sangue, solicite ao médico esses dois testes. Outra questão que preocupa é a diabetes, a maior parte dos companheiros de hemodiálise estão lá porque tiveram seus rins destruídos pela diabetes“, acrescenta.

Hoje Yuri faz hemodiálise e está na fila do transplante. Desde o dia que ele descobriu que precisava de um rim novo, irmãos e familiares se dispuseram a doar. A doadora será uma das irmãs. Estamos torcendo para que tudo de certo. O transplante não é a solução total e a disposição dos familiares não é regra para todos. Por isso a campanha.

Enquanto esperamos, Yuri tem tocado pouco: “O braço ora tá bom, ora tá todo detonado, cheio de hematomas causados pelas punções.“. E o Beally? “Fizemos aquela apresentação em 2008 nos 20 anos da MM e acabou ali mesmo a formação. Uns meses depois comecei a tocar com o Kraus, Renato, Fernando Newlands do Eterno Grito e Marcelos Pires do Jess Saes respectivamente. Continuo compondo, gravando em casa no esquema one-man-band. Em breve terei uns dois ou três discos cheios pra mostrar, haha! E fiquei feliz de ver a música “Time” no Radical. Ainda não assisti ao doc completo, mas tô lá nos trailers.

Sites para consulta:
http://www.transplanterenal.com.br/duvidas.html
http://www.sbn.org.br/

Postado 12/09/2014 às 13:28