random songs

\ZINE\

Jens Lekman II – black cat

Mais uma do Jens no Algumas Pessoas Tentam 2006…

Postado 29/12/2006 às 9:53

Even if the sun goes down…

pelvs2006-noticia.jpgFinalmente entenderam a onda. Quanto mais o jornalismo musical se livrar das cifras e do estrelato como parâmetros de qualidade, mais fiel ele será a sua função. E tenho dito!

A Pelvs está recebendo merecidos elogios pelo seu mais recente disco – Anotherspot. Uma matéria bem bacana escrita por Carlos Albuquerque para o Rio Fanzine do jornal O GLOBO foi publicada na sexta feira, dia 22/12.

Além disso, o informativo Music News pediu a vários jornalistas que listassem seus melhores de 2006 e a Pelvs aparece em 3 listas:
Music News – 22/12/2006- Por Thiago Ney – Folha de S.Paulo
Melhores CDs Nacionais 2006:
1. Zefirina Bomba – Noisecoregroove…
2. Mzuri Sana – Ópera Oblíqua
3. Los Pirata – La Re-Vuelta
4. Ludovic – Idioma Morto
5. Superguidis – Superguidis
6. Bonde do Rolê – Solta o Frango
7. Supercordas – Seres Verdes
8. Debate – Debate
9. Pelvs – Anotherspot
10. Rock Rocket – Por um rock and roll…

Music News – 22/12/2006- Por José Norberto Flesch – Folha de S.Paulo
Melhores CDs Nacionais 2006:
1. Matanza – A Arte do Insulto
2. Nando Reis – Sim e Não
3. Los Pirata – La Re-Vuelta 4. Plebe Rude – R ao Contrário
5. Pelvs – Anotherspot
6. Chico Buarque – Carioca
7. Sepultura – Dante XXI
8. Autoramas – RRRRRRROCK!
9. Edgard Scandurra – Amor Incondicional
10. Os Britos – Os Britos

Music News – 22/12/2006- Por Carlos Eduardo Lima – Rock Press
Melhores CDs Nacionais 2006:
1. Superguidis – Superguidis
2. Mariana Aydar – Kavita 1
3. Marisa Monte – Infinito Particular
4. Chico Buarque – Carioca
5. Pullovers – 1932
6. Nasi – Onde Os Anjos Não Ousam Pisar
7. Marisa Monte – Universo Ao Meu Redor
8. Anna Luisa – Do Zero
9. Kelly Key – Por que Não?
10. Pelvs – Anotherspot

Como se não bastasse, o site London Burning incluiu a Pelvs como indicado a melhor disco de 2006 (com Anotherspot), Indian Maracas como uma das melhores músicas de 2006 e o midsummer madness como melhor gravadora.

Postado 22/12/2006 às 19:44

O dia que Larry encarou o segurança (no show do Second Come)

Larry Antha é vocalista da banda Sex Noise, pioneira dos palcos cariocas e contemporânea do Second Come. Em idos de 1992 ou 93, num show no antigo Circo Voador, Larry subiu no palco no meio de Perfidiousness e driblou vários seguranças antes de dar um mosh de volta à platéia. A cena está registrada aqui:

E para quem se lembrou desta música excelente do Second Come, um link do videoclipe de Perfidiousness dirigido por Paulo Severo.

Postado 21/12/2006 às 17:23

Jens Lekman no Algumas Pessoas Tentam… 2006

Postado 19/12/2006 às 13:57

Assim foi sábado no Algumas Pessoas Tentam… 2006

Flávia Durante veio no busão do roque de SP pro Rio ver os shows de sábado no Casarão Cultural e Espaço Hombu e escreveu o seguinte:
Arô!

Estive no festival do Lariú sábado. Dou muito valor pra ele, deve ter uns 50 indies no Rio de Janeiro e só uns 20 vão aos shows… Mesmo assim ele ainda faz tudo com muita garra e vontade, uma coisa impressionante! Dava cansaço só de vê-lo correndo pra lá e pra cá.

Fui num ônibus com o Mr. Spaceman (banda do Régis, do Cidadão Instigado), Motormama (de Ribeirão Preto, gente finíssima), meus ídalos e clientes Grenade e o produtor Bruno Montalvão (também super boa gente). Chegamos no Rio lá pelas 16 horas, almoçamos no ótimo Puebla Café (bar/restaurante indie com trilha sonora de David Bowie, Velvet Underground, Roy Orbison etc), descarregamos as coisas no local do show e fomos dar um rolê pela Lapa.

Pegamos o famoso bonde de Santa Teresa. Você tem que subir rapidim no bonde andando e ficar pendurado pra não pagar o bilhete. Uma delícia, uma vista maravilhosa! Só que na hora de descer, também com o bonde andando, me espatifei no chão e rolei por cima do coitado do Granado! Juro que hora em que caí, minha preocupação era não passar outro bonde na direção contrária e matar o Rodrigo. Se acaba o Grenade, minha
banda indie brasileira preferida, justo por minha causa, eu iria passar remorso o resto da vida, hahaha! Quando me levantei foi que vi o estrago: cotovelo e dedão do pé todo ralado, pancada no joelho e ombros… fora o mico fenomenal, bem coisa de paulista no Rio! Pra eu me recuperar, paramos num boteco-casarão delicioso (pena que não lembro o nome), tomei um Dorflex aí parou de doer. Foi um passeio tão gostoso com um clima de amigos tão bom que valeu a pena, com tombo e tudo!

Os shows começaram lá pelas 22h30 e rolavam alternadamente nas duas casas, Espaço Hombú e Casarão. Foi bacana pois deu pra ver de tudo um pouco. Perdi a Fanfarra Paradiso pois fui tomar um banhão num hotel lá perto. Fossil foi muito bom mesmo, merece os elogios que receberam na turnê em SP. Mr. Spaceman tinha umas canções maravilhosas mas eles se enrolaram com uns problemas no som e o show foi curto. La Pupuña foi delicioso mas o povo não dançou muito, só se soltou mais pro final. Nervoso e Cigarettes não vi direito pois foi em uma hora em que não agüentei e desmaiei de canseira num sofá. Supercordas foi ótemo e contou com participação do vozeirão do Gui Barrella (Blue Afternoon)! Ele apareceu lá com o figuraça Tony da Gatorra e o Sérgio Ugeda (Debate) pois o Tony 3G havia tocado na mesma noite no Sesc Copacabana. Motormama foi uma boa surpresa, ótimo show!!! Luisa Mandou um Beijo não vi muito mas curti bastante, o som é excelente, só a vocal que é meio desanimada. Grenade tocou lá pelas 4 da matina, com todo mundo cansado pacas, mas baixou um gás nos caras sei lá de onde e o show foi incrível!!! Isso é que é amor ao rock, o resto é frescura!

A Lapa é o centro da boemia carioca, tem um barzinho do lado do outro, cada um com um estilo diferente de música e todos lotados! Pensei que em São Paulo tinha gente estranha mas até isso no Rio tem muuuuuuito mais, hahaha! Tudo misturado: travecaiada, gringos,  turistas, locais, vendedores, moradores de rua… O melhor era um cara passando pra lá e pra cá a pé vendendo tequila, limão e sal! Sensacional!
Jantamos na famosa Pizzaria Guanabara e a pizza portuguesa lá tem camarão e calabresa (?!?!). E realmente vem acompanhada de sachês de catchup, não é lenda. No Rio é tudo muito diferente, acho que não moraria lá, só passearia mesmo!  Mas preciso ficar uma semaninha pra curtir mais, fui lá 4 vezes mas sempre de farofada indie bate-e-volta (Roquenrio 3 e Te Fuder 2004)!
Indies famosos que vi: Regis, Sol, Gabriel e Erika (êta casal perfeito, dois lindos e talentosos), povo da Pelvs, Zé… Só faltou o MMarques!!!

Enfim, festival é sempre um clima bacana pacas, recomendo, mesmo com 14 horas de ônibus (ida e volta), muita canseira e tombos! ;-)
Flávia Durante
www.flickr.com/photos/assessorindie
www.popscenesantos.com

Postado 19/12/2006 às 12:54

Os suecos em Curitiba

Já está no YouTube, trecho do show deles em Curitiba dia 11 de dezembro

Postado 13/12/2006 às 19:41

A bela Sarah toca amanhã no Algumas Pessoas Tentam…

el-perro-del-mar.bmp

Por trás do pseudônimo El Perro del Mar se esconde Sarah Assbring um talento de Gothenburg, Suécia, que cria músicas simples de amor. Sua canções são influenciadas pelo blues tradicional e soul, adicionada à uma melodia pop inconfundível enriquecida por quase uma orquestra sinfônica aliada à vários arranjos característicos do doo woop.

Como o seu amigo sueco Jens Lekman, os rumores sobre El Perro del Mar logo se espalharam pela internet. No final de junho de 2004, Sarah lançou dois EPs, Baby, I’ve Been in A Bad Place e I’ve Got Good News, pelo selo suéco Hybris. Em novembro do mesmo ano, Sarah foi convidada para lançar um single em vinil junto com Jens Lekman e abrir os seus shows da turnê européia. Algumas semanas depois, o EP de estréia What’s New? El Perro del Mar foi lançado e em menos de dois meses já estava esgotado!

A linda música “This Loneliness” tem tocado freqüentemente nas rádios nacionais da Suécia e ainda conseguiu com que Sarah participasse do maior programa de televisivo do país, o “Musikbyrån”. No ano passado, Sarah lançou a compilação Look! It’s El Perro del Mar com todos os seu singles, que também foi lançado pela Memphis Industries.

www.elperrodelmar.com

matéria do UOL Música, por Fernando Kaida

my space do El Perro del Mar

Postado 13/12/2006 às 19:30

Ingressos antecipados para 14/12 à venda somente até amanhã

Os ingressos antecipados para a 2ª noite do festival ALGUMAS PESSOAS TENTAM… 2006 no Teatro Odisséia (Lapa / RJ) com shows de Erlend Oye (um dos membros do Kings of Convenience e que também tem seu projeto solo The Whitest Boy Alive), El Perro del Mar, Jens Lekman, Hell on Wheels e Pelvs estão a venda somente até amanhã, quarta feira, 13/12
Você pode comprar seu ingresso antecipado nos seguintes pontos de venda:
Drinkeria Maldita *- r. vol. da pátria 10 / botafogo tel: 2527-2456
Casa da Matriz * – r. henrique novais, 107 / botafogo tel: 2266-1014
Teatro Odisséia * – av. mem de sá, 66 / lapa tel: 2224-6367
Puebla Café - r. vol. da pátria, 448 / humaitá tel: 2286-5623
Baratos da Ribeiro – r. barata ribeiro, 354 / copacabana tel: 0800 701 7326

Certifique-se do horário de funcionamento destes locais antes de ir comprar. O locais marcados com * aceitam cartão crédito para esta compra. No Puebla e na Baratos da Ribeiro, somente em dinheiro ou cheque.

Na quinta feira, dia do show, não haverá mais ingressos a R$30. O ingressos para o show no dia custam R$80 (inteira), R$40 meia entrada com carteira de estudante e R$40 como promoção para os primeiros 600 pagantes que não apresentarem carteira de estudante.

Resta ainda a opção de comprar pelo site do midsummer madness. Pelo site a compra é feita através de depósito bancário e os ingressos serão retirados na porta do show no dia do evento com carteira de identidade. Também no site esta venda só será realizada até quarta feira à noite.

Veja mais na na loja do mmrecords.

Postado 12/12/2006 às 15:35

Jens Lekman®

Eleito pela Revista Elle como um dos homens mais sexy da Suécia, Jens Lekman prova que não é apenas mais um rostinho bonito na música e se estabelece como o queridinho no mundo do indie pop.

capa-jens-lekman-maples.jpgEm 2003, o sueco surgiu como uma bomba pop na Europa e nos Estados Unidos com o lançamento do seu primeiro EP “Maple Leaves” pela gravadora Secretly Canadian e, logo em seguida, o segundo EP, “Rocky Dennis in Heaven” teve a sua primeira edição esgotada antes mesmo de chegar as lojas.

Mas o reconhecimento e admiração por parte do público e da crítica, veio com o seu primeiro capa-jens-lekman-when-i-said.jpgálbum “When I Said I Wanted To Be Your Dog” (ao lado)em 2005. No começo de 2006, Lekman lança a incrível “Oh You’re So Silent Jens”, uma compilação de singles, b-sides e músicas inéditas. Aclamado pela crítica e pelo público, o sueco já conversou com as revistas Bizz, Bravo! e Trip depois da confirmação da turnê brasileira.

www.jenslekman.com
www.myspace.com/jenslekman

Postado 11/12/2006 às 21:06

Jess Saes e Pelvs em Campo Grande

festa de 2 anos da Cinéfila.
local: Teatro Arthur Azevedo – r. vitor alves, 454 – campo grande / RJ
tel. 2413 3622
a partir de meio-dia: exibição de filmes
17h – shows com Alice, Iguanas, Noitibó, Pelvs, Jess Saes, Djangos e Zumbi do Mato, nesta ordem.

mais informações: www.cinefila.com.br 

Postado 08/12/2006 às 21:25