random songs

\BANDAS\

Velouria

velouria-pb.jpg

O legal de colocar no ar material antigo do midsummer madness é fazer a pesquisa na internet… Do Velouria, por exemplo, achei um site do Geocities… alguém ai ainda lembra do Geocities? O site é de 1996 e já trazia 3 pedaços de músicas para ouvir!!! Eram alguns poucos segundos das músicas, para serem ouvidas em formato wave!!!

De qualquer forma, o texto ali é precioso e eu o reproduzo abaixo para vocês.

Velouria – by themselves
Em meados de setembro de 1991, quatro amigos movidos pela magia da música, resolvem juntar seus arsenais criativos e formam uma guitar-band. O nome: VELOURIA (título de uma faixa do LP “Bossa Nova” do grupo norte-americano Pixies, uma das principais influências da banda). A formação em 91 era: Luciano Filho (vocais-baixo), Régis Damasceno (guitarra), Eduardo Vinícius (guitarra-base) e Júnior (bateria). A princípio, o incipiente repertório próprio da banda é privilegiado, numa rotina de ensaios semanais. A 1ª apresentação ocorre em maio de 92, no Festival London Rock, na época atuaram como trio, pois Eduardo Vinícius havia saído.

Enquanto o repertório fluía, seguiram-se algumas escassas apresentações até que, em 93 a banda sofreria modificações. Luciano Almeida Filho deixa o grupo, em seu lugar é recrutado Roberto Damasceno (baixo); Eduardo Vinícius retorna à guitarra-base, Régis Damasceno além da guitarra assume os vocais e juntamente com Júnior (bateria) o Velouria manteria essa formação até hoje (1996).

Nesse mesmo ano é lançada a demo-ensaio “MARIO’S SON WILL BORN”, uma produção caseira distribuída entre amigos. Em 94 é gravado “MARIO IS HAPPY NOW”, uma gravação melhor que a anterior e que teve distribuição pelo selo/fanzine carioca Midsummer Madness. Surpreendentemente, a fita atingiu o topo da lista dos mais vendidos do catálogo, gerando elogios da imprensa especializada.

A banda participa, neste mesmo ano, do LP Projeto Mythus com a faixa “Dazed Brain” e também do show-lançamento do disco com outras bandas de variados estilos. Seguem-se alguns shows, acompanhados pela inflação de novas músicas e idéias.

Entretanto é em 95 que o Velouria juntamente com o grupo Dead Poets executam um audacioso projeto: gravar e lançar um CD-Split totalmente independente que chamou-se “NO MORE DANCING DAYS”. Sem apoio, mas com muita garra, o trabalho foi concluído com a gravação das 8 primeiras faixas que estão neste CD. O lançamento está previsto para Agosto/96.

Para gerenciar todo o projeto (divulgação, vendas, contatos) foi montado, pelas duas bandas, um selo próprio intitulado LOVESONGS. O Velouria está com boas perspectivas para 96-97; entre as mais importantes está a gravação de seu próprio CD. Para tanto a rotina de ensaios e composições é uma constante.
Em tempo: a influência da banda é uma “geléia geral” de referências: Pixies, Sonic Youth, Pavement, Nirvana, Pulp, My Bloody Valentine, Beatles… Enfim, um caleidoscópio sonoro-distorcido com belas melodias pop.

Regis Damasceno montou o Mr Spaceman em 1998, saiba mais aqui. E em 2007 integrantes do Velouria, Dago Red e Dead Poets se reuniram para tocar músicas um dos outros no projeto 3ofUs.

Em 2008 o Velouria se reuniu para um único show em Fortaleza (foto abaixo).

velouria - 2008