random songs

\ZINE\

Porque “Nina”, single novo do Valv, me causa arrepios

Foto e arte por Cleber Aleixo (@cleber.aleixo)

Foto e arte por Cleber Aleixo (@cleber.aleixo)

Antes de qualquer coisa, devo pedir licença ao Valv para uma interpretação mais subjetiva do novo single, “Nina”. Ao contrário do meu normal, deixo de lado qualquer frieza jornalística para falar desse novo single, o 2º da banda em 2021.

Numa primeira audição, fui pego de surpresa pelo climão da música, quase sem guitarras e com synths/beats pesados. Parecia The Cure da era “Disintegration”. Fiquei me perguntando quem era “Nina” e a primeira resposta que veio a cabeça era de uma musa, um amor não correspondido, um relacionamento frustrado, essas coisas que anos e anos de música indie nos acostumou a pensar.

Fui ler a letra: sim, pode ser uma canção indie-romântica.

Mas perai, “Little feet, step by step”? Dai Alessandro, vocalista do Valv, escreve no Instagram que “Nina reflete a época em que nos tornamos adultos, pequenos seres que agora dependem de nós, a alegria e pânico que o momento trouxe“. Ops, ele está falando de paternidade/maternidade!

Confesso que escorreu uma lágrima, coração ficou apertado e eu olhei pro lado, vi meu pequeno “Nina” fazendo “babá”, ou bagunça no dialeto de 15 meses de idade dele.

A nova música do Valv ficou ainda mais linda, tocando fundo na alma. Curioso é que em outros tempos, as músicas do Valv causavam o mesmo sentimento, mas por outros motivos. Agora que viramos papais/mamães, os arrepios são parecidos, talvez maiores.

Comentei com Alessandro que é impressionante como estes pequenos seres mudam totalmente nossa visão do Mundo, como se tornam a razão de viver e lutar pelo que se acredita. A letra de “Nina” diz isso:

The reasons for my breath
The light that lights my steps
You’re bringing life to me
You’re bringing life

E o que mais me emociona é que um dia nós já fomos estes pequenos, e nossos pais passaram pelos mesmos medos, mesmas alegrias e cuidaram de nós da melhor forma que podiam. E aqui estamos. Eu espero sinceramente que vocês ouçam “Nina” com as mesmas lágrimas nos olhos, o mesmo coração cheio de amor e esperança, e que muitos(as) Ninas se reflitam nesta nova pérola do Valv por muitos e muitos anos.

Ouça “Nina” na página do Valv aqui no mmrecords
Ouça, compre e baixe “Nina” no Bandcamp
Spotify
Apple
Deezer

Postado 14/05/2021 às 12:34