random songs

\ZINE\

Novo álbum da Electric Lo Fi Seresta é uma obra-prima!

moondial_guilherme16x9web
“Moondial FM” é o 5º álbum de estúdio da Electric Lo Fi Seresta, banda de uma só pessoa, Guilherme Almeida, talvez mais conhecido pelo seus discos como guitarrista da The John Candy, do Rio de Janeiro.

Em suas 11 faixas do novo disco, duas delas instrumentais, Guilherme experimentou pela primeira vez alguns novos equipamentos de gravação, numa busca por mais pressão, brilho e volume. Novos instrumentos também foram adicionados ao som do Electric Lo Fi Seresta, como bateria, baixo e teclados, substituindo as opções sintetizadas. Mas não esperem um som polido e grandioso, o espírito lo-fi é o mesmo. Guilherme escreveu a respeito:

Este é um álbum marcado por muitas memórias radiofônicas à pilha, e é dedicado a meus saudosos e imprescindíveis padrinho e bisavó — seu Tião e dona Erozita — que teriam completado 100 anos de vida por agora.

Era no quintal dos dois, com quem morei até os 11 anos de idade, que ficavam seus inseparáveis rádios sintonizados aos pés das goiabeiras, sempre ligados e distorcidos no último volume, de manhãzinha ao anoitecer, apresentando-me, fortuitamente, pela primeira vez, sonoridades aparentemente tão díspares: The Cure e Dilermando Reis, New Order e Inezita Barroso, The Smiths e violas seresteiras de décadas já esquecidas; no mesmo dial, na mesma frequência AM 1470 KhZ, na mesma estação, apenas em horários diferentes: na minha Campos dos Goytacazes, no meu Parque Aurora de meados da década de 80.

Porém, não é um álbum saudosista, nem autorreferente. Parodiando Althusser, que deu a sua autobiografia o título de “O Futuro Dura Muito Tempo”, eu diria que este quinto álbum do Electric Lo-Fi Seresta, “Moondial FM” — composto durante esta pandemia, o isolamento social e um caos psicossocial crescente com o pior governo da história deste país no comando — tem um quê de com-plicação temporal onde passado, presente e futuro duram muito tempo…

Contemplando o céu e a lua durante as madrugadas, e sensível aos dramas e relatos de amigos e amigas durante este período pandêmico difícil para todos, e para cada um à sua maneira, nasceram as 11 faixas de “Moondial FM”. Lançado em 26 de maio, dia de super lua e eclipse lunar no calendário astronômico de 2021.

Acho que seu Tião e Dona Erozita gostariam dele tanto quanto vocês, fãs de Cure, New Order e Smiths podem gostar. Mas não exatamente da mesma forma.

Para marcar o lançamento, Guilherme preparou um videoclipe caseiro cheio de OVNIs: “Utilizei algumas cenas de relatos de avistamentos que circulam nesses canais de ufologia. Menos por motivos ufologicos e mais como um componente lírico e estético à “light that never changes” (ler e reler a letra :D). Luzes no céu, pandemia, isolamento social, as paisagens sendo vistas pelas janelas de madrugada… compus essa música no ano passado num daqueles momentos mais dramáticos e difíceis da pandemia por aqui, sensível aos relatos de outros amigos também neste contexto.”

“Moondial FM” sai no formato digital e também em CD digipack, com tiragem limitadíssima. Compre aqui.

Ouça, baixe e compre no Bandcamp
Spotify
Deezer
Apple Music

Postado 06/06/2021 às 10:10