random songs

\BANDAS\

Moon Pics

0013306292_10

Moon Pics é Adriano Caiado, 20 e poucos anos, natural de Brasília, onde vive até hoje. Sua primeira banda foi um projeto chamado Corvalis onde já gravava sozinho em seu quarto. O Corvalis ainda existe mas virou um espaço para experimentos sonoros. Foi quando Adriano começou a escrever músicas em Inglês, ele criou o Moon Pics, inspirado pelo álbum “Moon Pix” da Cat Power.

Foram 2 lançamentos pelo selo curitibano Low/Slow: “Motion (EP)” em Agosto 2018 e “Number One / What if” em Outubro 2018. Em Abril de 2019, Adriano se juntou a Luiz Spíndola para lançar o 3º single, desta vez um split com o projeto aliendawg., de Luiz.

Gravando cada um em seu quarto, eles trocaram canções e resolveram lançar juntos. A troca de arquivos, com instrumentos sendo acrescentados a cada ida e vinda, foram finalizadas com baixo e guitarras regravadas no apartamento de Luiz, vozes gravados no quarto de Adriano. Bedroom pop na sua forma mais pura.

O split single foi muito bem recebido por blogs estrangeiros especializados: o Shoegaze blog chamou de “joia da semana” dizendo que “são músicas muito bonitas, dotadas de um charme discreto e melancólico”. O Destroy/Exist pontuou que são duas bandas brilhantes e que ainda tem muito a oferecer.

Empolgado com a boa recepção, Adriano juntou amigos e fez alguns shows com banda em Brasília, um deles na edição 2019 do Festival Picnik. Nos shows, Luiz Spíndola da aliendawg. toca 2ª guitarra, o Clayton Borges do Palma Dulce toca teclado, o Rafael Ribeiro (bateria) e Matheus Luan (baixo). Adriano toca guitarra e canta.

moon_pics_live

foto por Ana Calaça

A principal diferença entre o quarto e o palco é que “é que no momento da gravação eu tenho muito mais controle sobre a sonoridade da música. Ao vivo esse controle é menor. Mas ao vivo, a música é trazida à vida bem na nossa frente, e toda performance com a banda é única”, compara Adriano.

Em Novembro de 2019, Adriano lançou mais duas músicas: “Fall” e “Like Rain”, ambas gravadas em seu quarto, como todas anteriores. A masterização deste single duplo ficou à cargo do amigo de sempre Luiz, do aliendawg..

“Fall / Like Rain” saiu apenas em formato digital. “Gosto da facilidade e rapidez do digital em comparação ao meio físico. Apesar disso, sempre tive vontade de lançar algo no formato físico, principalmente para vender nos shows. Eu não compro produtos físicos de bandas internacionais pois não sinto necessidade. Mas dos músicos daqui de brasília ou de bandas brasileiras eu compro”.

Nos dois lançamentos recentes, Adriano preparou vídeos para os singles. Em ambos, imagens antigas de filmes feitos em celulóide. “Eles me lembram a asperidade da produção lo-fi nas músicas da Moon Pics. Também procuro filmes onde o autor tenta fazer com que o espectador se perca, da mesma forma que tento fazer com as minhas músicas”.

O ano seguinte, 2020, seria um ano totalmente fora do comum. Ainda no primeiro trimestre, o Mundo foi assolado pela pandemia de Covid-19. Para quem já não saia muito de casa, o confinamento, paradoxalmente, se tornou insuportável. “‘suni’surgiu num momento de crise. Eu estava cansado de tentar uma boa captação de guitarra num ambiente tão lo-fi quanto o meu, a textura nunca era a que eu queria. Então parei de buscar um som idealizado foquei na composição, em buscar boas melodias e harmonias. Um dia eu resolvi captar a guitarra direto dos pedais pro computador e foi assim que surgiu a suni. Eu sabia que seria um single quando mandei pro Luiz que toca guitarra na banda e ele gostou”.

‘suni/flwr” é o 6º single da Moon Pics, lançado no final de Julho de 2020, quando quase 6 meses de pandemia se arrastam por nossos dias sem sinais de final próximo.

Segundo Adriano, “flwr” também nasceu e uma atenção maior às melodias e harmonias. “Não me lembro de ter gravado essa música. Eu costumo pegar o celular e gravar quando estou inspirado. Dai abandono as ideias, fico dias sem olhar o que eu gravei. Quando voltei aos arquivos, gostei de ‘flwr’”

“flwr” é o oposto de “suni”: uma é lenta, saturada; a outra apressada, com muita distorção, um yin-yang em formato de single. No meio da pandemia, segundo Adriano, “‘suni’ é sobre não querer sentir mais nada e ‘flwr’ é sobre querer sentir tudo que existe ao mesmo tempo. ‘flwr’ é meio ‘Pygmalion’ do Slowdive e ‘Disintegration Loops’ do Basinski enquanto que ‘suni’ seria mais Jesus and Mary Chain e Radio Dept”, resume Adriano.

“flwr” saiu com um vídeo feito por Xavier Braun

Ouça “Fall/Like Rain” no Bandcamp
Ouça “suni/flwr” no Bandcamp
Ouça “Give In/Paper heart” no Bandcamp

Moon Pics no streaming
Spotify
Deezer
Apple Music