random songs

\ZINE\

33 músicas – segundo 1/3

jesus_and_mary_chain.gif1985 não deixa dúvidas também: Jesus & Mary Chain lança Psychocandy. Eu acho este disco o mais revolucionário na história do rock da minha vida. Acho que fui escutá-lo em 1986 ou 1987, quem me emprestou o vinil foi a Bia (Stellar). Eu era surfista rock mas não estava acostumado àquele nível de distorção. Pra mim, o punk realmente começou ai. Só fui escutar Sex Pistols ou Ramones depois de já ter sido apresentado ao JAMC. Por isso ele é o disco mais revolucionário na minha história rock. Muito difícil escolher uma música apenas mas fico com Never Understand.

1986 também é um ano complicado de se escolher disco. A Creation já existia há 3 anos mas foi somente em 1986 que os primeiros Felt sairam pela gravadora de McGee. Mesmo não sendo os melhores discos da banda, Forever Breathes the Lonely Word e Let the Snakes Crinkle their Heads to Death são estupendos. Eu fico com a música All the people I like are those that are dead, do Forever Breathes…

mybloodyvalentine.jpgo bicho estava pegando na Inglaterra de 1987 depois que o jornal NME lançou a cassete C’86 com um monte de banda boa: Primal Scream, Bodines, Pastels… Mas ninguém bate a produção do my bloody Valentine neste ano. Conseguiram, em 87 apenas, gravar os EPs Strawbery Wine, Ecstasy (que depois, juntos, formariam o álbum Ecstasy & Wine) e Sunny Sundae Smile. Destes EPs, eu fico com Strawberry Wine.

mas não era apenas na Inglaterra. 1988 é quando o Dinosaur Jr. lança seu 2º disco, Bug. Neste ano o Galaxie 500 também lança Today. Eu estava entrando no 2º grau, dai a 3 anos estaria passando para a UFRJ. Minha discoteca já era bem próxima do que eu escuto hoje: Sonic Youth, Velvet Underground, Smiths, Jesus & Mary Chain. Embora eu ainda não conhecesse, 88 é bem mais legal com Freak Scene.

1989 é um ano especial ! Foi quando o fanzine midsummer madness começou a ser feito. Eu me lembro bem de uma tarde modorrenta, sentado no meu quarto olhando a belíssima paisagem (eu morava em Niterói, com vista para a Baia de Guanabara e todo Rio de Janeiro) e entediado com a rádio, com as revistas, com os discos… A Bia tinha me mostrado uns fanzines, dai resolvi fazer um. Já citada em cima mas ainda desconhecida por mim, Galaxie 500 viria a ser uma das maiores inspirações dos primeiros anos de mm. Só vim escutar o lindo On Fire em 1991 mas como ele saiu em 89, pra este ano fico com Strange.

1990 nós perdemos feio na Itália. Foi também o ano que eu passei minhas manhãs e tardes estudando: eram pelo menos 10h por dia!! Isso sim é CDF ! Neste ano eu já estava me correspondendo com vários fanzineiros e já conhecia 2 bandas incríveis de Niterói: Squonks (onde tocavam Leandro, futuro Stellar, e Simone, futura Autoramas) e Second Come. Como esta dispensa apresentações, eu escolho das demos deles deste ano Violent Kiss.

1991-year-punk-broke.jpg1991 eu me mudei para o Rio de Janeiro, entrei na Comunicação da UFRJ e o Collor já era presidente. A faculdade começou mal, com professores se aposentando com medo da privatização do Collor. Tive logo de cara 4 meses de greve. Tempo que eu passava na loja de CDs importados recém aberta em Ipanema, a Spider. Começava a ficar um pouco mais fácil ter acesso à música boa, apesar de caro. Meu esquema cruzava troca de cartas com pessoas de todo país, gravação de CDs, vinis e cassetes para amigos de quem recebia o mesmo em troca, xerox e recortes de jornais e revistas nacionais e importadas sobre as bandas prediletas. Hoje, em dias de internet, vocês podem não acreditar, mas eu ainda tenho 4 ou 5 gavetas grandes cheias de recortes, cartas e xerox de matérias desta época. Neste ano era lançado Nervermind do Nirvana, Loveless do my bloody Valentine e Bandwagonesque do Teenage Fanclub. E é dele que eu escolho Is This Music.

em 1992, depois de tanto pentelhar, eu comecei a trabalhar na Spider. Neste ano também conheci as próximas melhores bandas do midsummer madness pós-Drivellers, Second Come e Squonks. Conheci brincando de deus, Cigarettes e Pelvs. Foi neste ano também que o Pixies começou a acabar depois de lançar o punk Trompe Le Monde em 1991 e ir abrir turnê do U2 em 1993. Mas deste ano o melhor é Pavement, Slanted & Enchanted, a música Summer Babe

1993 teve o Juntatribo. Também foi o ano que o Second Come gravou seu 2º disco e a Pelvs lançou seu primeiro. Acho que foi neste ano que eu vi pela primeira vez o que era internet: num laboratório da CNEN – Comissão Nacional de Energia Nuclear; um super computador, linguagem de programador, uma telinha verde-fósforo, um barulho de telefone com defeito… e pensei: Isso não vai funcionar nunca! E como sempre, quando eu penso isso, o que acontece? … Um que eu disse q ninguém ia gostar é a minha escolha de 93 – Tindersticks, do primeiro, a bela City Sickness.

to be continued

Postado 02/06/2006 às 23:26