random songs

\ZINE - março de 2020\

Slowaves lança novo single via selo francês

“Digital Dreams” é a nova música do Slowaves, lançada pelo selo Francês Alter K. A faixa vai fazer parte de um novo EP com lançamento previsto para o dia 17 de Abril. Segundo Matheus, “vai ser um EP mais dançante, todo construído em sintetizadores e drum machines, onde a guitarra só aparece em uma música por poucos segundos.

Depois de dois singles lançados pelo midsummer madness, a dupla resolveu explorar suas influências synthpop, que já apareciam discretas nos singles. “A Alter-K tem dois artistas em seu cast que nos influenciaram muito nestas músicas novas, Kid Francescoli e French 79. Há alguns trechos de letras em Francês devido a essa influência electropop”, explica Matheus.

Para lançar “Digital Dreams” a dupla ganhou um clipe dirigido por Jon Alcaide, diretor de arte de Barcelona que tem trabalhos com algumas bandas de lá, como o ‘La Casa Azul’. Assista:
Postado 30/03/2020 às 5:53

Gutta, ex-Feedback Club e The Voltage, lança SKYFORALL

skyforall_01_5X7_web

Nos anos 90, para o midsummer madness, Santa Catarina era a nossa “Seattle”. Ou “Manchester”. De lá chegavam as melhores fitas daquela primeira metade de década: Sleepwalkers e a sua “Waiting for Santa Claus”, Superbug e a teenagefanclubiana “Baby Baby” e o Feedback Club com suas várias fitas.

A primeira que ajudamos a distribuir foi a “Electric Compilation”, depois veio a “…fast” e por fim “Zoom In, Zoom Out”. Na época não consegui ver a banda ao vivo e logo depois perdemos contato. Seis anos depois, Gutta entrou em contato dizendo que Feedback Club havia acabado e que ele tinha um projeto novo, o The Voltage. Lançamos.

Corta para 2019. Correndo atrás dos integrantes das bandas para a coletânea de 30 Anos, descubro Gutta vivendo na Holanda e revestindo faixas do Feedback Club com roupagem ambient.

Em 2020, de volta ao Brasil, Gutta está de volta ao midsummer madness com um novo projeto, SKYFORALL. O primeiro lançamento é o EP “Skydrops” que conta com a música título, uma releitura de “Zoom In, Zoom Out” e um experimento à la Eno como faixa bônus.

Dê um pulo na página da banda para ouvir o EP.
Ou então ouça / baixe / compre no Bandcamp.
Dá para ouvir também no Spotify.
Ou no deezer.
Ou na Apple Music.

Uma faixa extra, a versão para “Zeitgeist” do Smashing Pumpkins, não entrou no EP mas você pode ouví-la aqui:

Postado 11/03/2020 às 6:23

Skyforall

skyforall_01_5X7_web

SKYFORALL é um projeto sobre a morte. A morte de um passado.

É revolucionário também. Sua única intenção é revolucionar o presente de quem o concebeu.

Tambem é inovador, cuja única inovação pretendida é a do futuro de quem o manipula. Não foi feito para mudar costumes, nem comportamento, nem para enfrentamentos ou acomodações. Foi feito para ser apenas música.

É um projeto também bastante oportunista montado por alguém que foi esquisito o bastante para tentar fazer musica
eletrônica em fita K7 em um estudio Tascam de quarto canais por volta de 1995, 1996.

SKYFORALL, filosoficamente, também representa a esperança de que possa haver um “céu para todos”, até mesmo para os que não acreditam que exista um, mas o próprio criador do projeto desconfia que essa oportunidade não abarca todos. É preciso fazer por merecer. E o SKYFORALL é uma tentativa desesperada e angustiante do seu criador de chegar nesse lugar onde a luz emana de e para
todas as direções de maneira continua, engolindo medos e temores, e proporcionando a serenidade necessária para se encontrar com a Verdade.

SKYFORALL é mais um vôo solitário do seu criador, Gutta, que cismou que tambem é Andrew Richard Smith, um ex-Feedback Club, ex-The Voltage e ex-entusiasta. É música visual também. Algo que navega entre as músicas mais etéreas e abstratas e as mais conservadoramente estruturadas. É um projeto que evola. Um filme fantasma que é continuamente projetado apenas na consciência de quem o criou. Foi concebido para o ser o canto do cisne e nada mais há para acrescentar.

“I know who You are and where You have come from”.

✠ MAGNAM MISERICÓRDIAM ✠

Postado 08/03/2020 às 12:54

Fellini lança álbum de extras com show em SP

fellini_a_melhor_coisa_q_fiz

Depois de 6 álbuns — o último foi o ‘Você Nem Imagina’ (2010), com regravações das músicas mais conhecidas —, o novo LP do Fellini reúne o melhor das sobras de estúdio, demo tapes, gravações de ensaios e shows desde que o grupo começou, em 1984, até a primeira debandada em 1990.

“A Melhor Coisa Qu Eu Fiz” é um LP com várias canções inéditas e um rico material que cobre a trajetória do Fellini nos anos 80, contada em fotos, fac-símiles, filipetas, artigos e ilustrações, coletados em quase dois anos de pesquisas. Também será lançada uma caixa limitada, que além do LP, vem com camiseta, pôster, botton, fita K7 e adesivo. O lançamento é do selo paulistano NadaNada, que lançou recentemente disco do Rakta, Mercenárias, Gang 90, entre outros. Veja mais aqui.

Para celebrar o lançamento, o Fellini fará um show dia 06/03/20 no SESC Pompeia em São Paulo. Estão programados no setlist os ‘clássicos’ e algumas músicas do novo LP que nunca foram tocadas ao vivo antes. A formação para este show será a mesma dos últimos shows desde 2001, quando a banda tocou no Tim Festival, com Cadão Volpato (voz), Thomas Pappon (guitarra), Jair Marcos (guitarra), Rocardo Salvagni (baixo) e Lauro Lellis (bateria).

Mais sobre o show aqui

Postado 01/03/2020 às 14:19