random songs

\ZINE - agosto de 2018\

Compilação para gringo ver: Tropical Fuzz

MAC-PB
No inverno de 1989 eu estava sentado no meu quarto, em Boa Viagem (Niterói) olhando para o ângulo oposto desta paisagem. Dai decidi começar a fazer o midsummer madness porque a Beatriz Lamego tinha me mostrado uns fanzines e eu pirei com a ideia de poder ter meu próprio “jornalzinho”

Some à influência da Bia o fato da minha mãe, graduada em História, ter me incutido a vontade de aprender, de querer conhecer e de querer dar a minha versão dos fatos. Ela havia falecido 5 anos antes mas em Niterói me apresentou ao Moacy Cirne que me deu uma lista de livros de ficção científica para ler. Ela também sempre aparecia com umas revistas e jornais independentes em casa. Me lembro de um chamado Brasil Urgente (ou algo assim) que li umas 3 ou 4 vezes. Lula na capa, verdades até hoje ignoradas…

Essa vista da foto é do bairro do Ingá. Eu costumava andar de caiaque da Boa Viagem até o Ingá, remando. Ficava horas e mais horas dando voltas na ilhazinha que aparece no canto esquerdo da foto.

boa viagem 2

Gostava de surfar mas nunca tive o menor talento pra isso. Ouvia a Flu FM, Maldita. Ainda não existia o Museu de Arte Contemporânea… era apenas um Mirante onde muitos carros com namorados paravam quando ficava mais escuro (foto ao lado). O MAC foi construído depois.

Dai, voltando ao inverno de 89, num dia chuvoso, criei o midsummer madness

Ano que vem, 2019, a gente completa 30 anos. Só que como em Novembro passado eu me mudei para Londres, resolvi fazer uma coletânea com 50 bandas destes 29 anos de midsummer madness para apresentar aos gringos.

E saiu hoje. Tropical Fuzz: Brazilian Guitars 1988-2018. Eu nunca poderia imaginar, remando por estas águas, que o midsummer madness iria tão longe.

A capa da compilação é da Beatriz Lamego. Ela usou o cartão postal de Niterói como referência.

Postado 17/08/2018 às 9:06

Tropical Fuzz: Brazilian Guitars – 1988 – 2015

In 1998 we got in an argument that made headlines in the Brazilian music press: an important festival producer accused us of being “spoiled rich kids who dreamt about making it in London”.

The producer was Paulo André, the guy who helped discover Chico Science & Nação Zumbi and catapulted all Mangue Beat scene from his hometown Recife to significant World recognition.

We were just a small label releasing our first CDs by The Cigarettes and Pelvs, two bands that were scheduled to play in the 1998 edition of Paulo’s festival, Abril Pro Rock, and had their participation denied last minute. None of our bands ever had a fraction of Chico Science’s recognition. Not even in Brazil.

The main reason for the veto was that both Pelvs and Cigarettes sung in English. Fuck, we were pissed off! So, we organized our own festival and called it “Algumas Pessoas Tentam te Fuder” (or “Some People Try to Fuck With You”*).

1998-flyer-algumas-pessoas

But we are friends today.

And since November 2017 midsummer madness has a new home – in London.🤔

We are always pissed off when people deny our Brazilianess. What’s wrong with living in Rio de Janeiro and falling in love with my bloody Valentine rather than Caetano Veloso? Yes, we like Mutantes but we still think that Velvet Underground is miles better.

So, this is midsummer madness. We started as a fanzine in 1989, when it’s founder, Rodrigo Lariú, was 16 years old. In 1991, we made mixtapes that sold together with fanzines. Later, in 1994 we got fed up with zining and morphed it into a label, releasing homemade cassette tapes.

Our first cassette was by Drivellers. Since then, we have been releasing Brazilian Music that is not the usual Samba, Bossa Nova, Batucada you might expect.

In 1997 we released our first CDs: The Cigarettes debut, titled “Bingo” and Pelvs second album, “Members to Sunna”. Since then, we have put out cassettes, CDs, CDRs, vinyl and digital albums and EPs.

By July 2018, we reached 153 EPs, 58 albums and 43 singles from more than a 100 bands from Brazil, Argentina (2 artists) and even a compilation album by our idols, British band, The Telescopes.

This is not a success story. We are not in London looking for recognition. We will keep on putting out music that we love and maintaining a 30 year catalog with a thousand of songs because it’s in our blood.

So, we compiled “Tropical Fuzz”. We think it’s a good introduction to our catalog. It will be out on the 17th of August in two formats: a 22-song CD version with limited copies including recent releases, and a digital version with 50 songs covering the old catalog.


(please go to bandcamp and buy the compilation – name your price – to  download all 50 tracks)

The CD is titled “Tropical Fuzz: Brazilian Guitars 1995 – 2018″ because the oldest song in the CD is Stellar’s “Sometimes Things Can’t Be Said”, released in cassette mm11 “Thrumming Soothingly”.

The Digital version is titled “Tropical Fuzz: Brazilian Guitars 1988 – 2018″ because it features “Lollipop”, a song from Killing Chainsaw’s first demo, recorded when our fanzine wasn’t even printed.

What to expect? Noisy guitars, northern hemisphere influences, especially from UK and USA, some crossover with Brazilian rhythms and tons of broken English. We always thought that to be our charm. You’d never trust a Japanese guy singing Samba with a perfect accent, would you?

We are not going to describe each band here. It’s 30 years of history and some of these bands no longer exist, especially in the 50-song version. But, please, listen to Tropical Fuzz and tell us which band you liked most and we will be pleased to send you more info about them.

Also, you can browse these websites:
http://midsummermadness.com.br – we relaunched the fanzine, web style, in 2017. All Portuguese written, sorry.
https://www.youtube.com/user/mmrecordsbr - our YouTube page, with dozens of music videos.

Cover art: Beatriz Lamego
Mastering (for CD only): Eduardo Ramos

* Algumas Pessoas Tentam te Fuder / Some People Try to Fuck With You is also the title of a b-side song by Teenage Fanclub.

Postado

Tropical Fuzz

MAC-PB

A Tropical Fuzz: Brazilian Guitars 1988 – 2018 é uma compilação de 50 músicas para gringo ver. Em novembro de 2017 o midsummer madness se mudou para Londres. Perto de completar 30 anos (em 2019) resolvemos agrupar várias músicas do nosso catálogo para apresentar o selo por aqui.

A compilação saiu em dois formatos:
CD – com 22 músicas, em envelope simples, com tiragem limitada a 100 cópias.
Digital – com 50 músicas, as 22 do CD e outras 28 de bônus. Disponível em mp3 (192 Kbps) aqui no mmrecords e em arquivos de melhor qualidade no Bandcamp

Os formatos tem títulos diferentes: o CD se chama Tropical Fuzz: Brazilian Guitars 1995 – 2018 e no digital é Tropical Fuzz: Brazilian Guitars 1988 – 2018. Isso porque a música mais antiga no CD é “Sometimes Things Can’t Be Said” do Stellar (da fita cassete mm11 “Thrumming Soothingly”)  enquanto que no digital a mais antiga é a versão para “Lollypop”, da 1ª demo do Killing Chainsaw, de 1988.

A arte da capa é da Beatriz Lamego, integrante das Drivellers, Stellar, Kinetkit Ravecamp. A ilustração foi inspirada no Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Quando o midsummer madness foi criado em 1989, o MAC ainda não havia sido construído. Mas ele não deixa de ser uma referência da cidade onde o fanzine nasceu.

Como várias faixas já estavam disponíveis no streaming, a compilação no Spotify virou uma playlist.

Abaixo, um faixa a faixa:

01 – PELVs – Even If The Sun Goes Down, I’ll Surf
faixa que abre o 3º álbum da banda, “Peninsula”, lançado em 2001
mmcd06 – infobaixar ou comprar digital / comprar CD

02 – LAVA DIVERS – Tearsfall
faixa do álbum de estreia da banda, “Plush”, lançado em 2017
mmcd53 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

03 – PIN UPS – Guts
faixa do álbum “Lee Marvin” relançado pelo midsummer madness em vinil em 2017. Originalmente lançado em 1997 pela Spicy Records.
mmcd49 – info / baixar ou comprar digital / comprar vinil / videoclipe

04 – LOOMER – Lack
faixa do 2º álbum da banda, “Deserter”, lançado em 2017
mmcd52 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

05 – LOW DREAM – From The Ocean Inside Your Bewitched Eyes
faixa do 2º e último álbum da banda, “Reaching for Balloons” que passou a ser distribuído pelo midsummer madness em 2004. Originalmente lançado em 1996 pelo selo Uptight! da própria banda.
mmcd16 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

06 – FRABIN – Kids From Outer Space
faixa do disco de estreia “Real”, lançado em 2015, em parceria com a Balaclava.
mmcd42 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD / videoclipe

07 – TOM GANGUE – Baladinha
faixa do 2º EP “Grande Esperança”, lançado em 2016
mm141 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

08 – DEVILISH DEAR – 3AM
faixa do álbum de estreia “These Sunny Days”, lançado em 2016 e relançado pelo midsummer madness em 2017
mm145 – info / baixar ou comprar digital

09 – STELLAR - Sometimes Things Can’t be Said
faixa da fita de estreia “Thrumming Soothingly” lançada em 1995.
mm11 – info / baixar ou comprar digital

10 – SECOND COME - Shoes
faixa bônus do CD “You”, lançado em 1991 pela Rock It!, relançado pelo midsummer madness no formato digital em 2009 e novamente em CD pela banda em parceria com o midsummer madness.
mmcd39 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD

11 - THE CIGARETTES – Love Concept Alpha
faixa do 3º álbum da banda, “The Cigarettes”, lancado em vinil em 2011
mmlp29 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

valv05
12 - VALV – Over It
faixa do 1º EP da banda, “Ammonite”, lançado em 2001 em CDR.
mm56 – info / baixar ou comprar digital
Quando o 1º EP do Valv chegou pra gente em 2001, a capa era uma foto do World Trade Center envolto em nuvens. Claro que isso foi antes do 11 de Setembro. Depois do atentado, a capa do “Ammonite” mudou para a foto azulada com os cabos. Se você quiser a capa original, basta clicar no link “baixar ou comprar digital” acima e comprar o EP digital (pague quanto quiser) que a capa original vai de bônus.

13 - THE DEAD SUNS - Living Among the Stars
faixa do álbum de estreia da banda, “New Days For a Better Man”
mmcd56 – info / baixar ou comprar digital

14 - LAUTMUSIK – Lake Eerie
faixa do 2º álbum da banda, “Juniper”, lançado em CD em 2015, em parceria com a banda.
mmcd41 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD

15 - FISH MAGIC – In a Heartbeat
faixa do 1º EP da banda, “Songs From the Night Shift” lançado em 2015.
mm138 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

16 - THE GILBERTOS – Get Wyatt
faixa do 4º álbum da banda, “Um Novo Ritmo Vai Nascer”, lançado em 2014 em fita cassete e relançado em 2017 em CD.
mmcd37 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD ou fita cassete

17 – MOTORMAMA – Não Sou Mais o Mesmo Sujeito
faixa do quarto álbum “Fogos de Artifício” lançado em 2017
mmcd51 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD / videoclipe

18 - JUSTINE NEVER KNEW THE RULES – Coming Down
faixa do 1º disco da banda, “Overseas”, lançado em 2016.
mmcd44 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

19 - CHURRUS – Oldfield Park
faixa do 3º álbum da banda “Transcontinental”, lançado em 2013 em parceria com a banda.
mmcd35 – info / baixar ou comprar digital

20 - EARLY MORNING SKY – Sorry
faixa do EP de estreia da banda, “If I See You Again”, lançado em 2018
mm151 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD

21 – THE BAUDELAIRES - When You’re Not Mine
faixa do 3º álbum da banda, “Looking For The Big Star”, lançado em 2017
mmlp54 – info / baixar ou comprar digital

22 - FELLINI – Gravado no Rio
faixa do 5º álbum da banda, “Amanhã É Tarde”, lançado em 2001
mmcd08 – info / baixar ou comprar digital / videoclipe

casfotoverde
23 – CASINO - Samba Dada
faixa do EP lançado em 2001
mmcd07 – info / baixar ou comprar digital
No começo se chamava 4Track Valsa. Depois eles acharam que o nome era muito difícil e mudaram para Casino. Cecilia Giannetti, Maria de Fátima, Christiano, Eduardo Pletsch, Regis Argüelles e depois Júlio, Junior e Ricardo gravaram 2 demos e um EP.
“Festa” com 3 músicas entrou na coletânea “Where D’You Get Your Information From” junto com A Lydie, Pancake, Jupiterscope.
“Altas Horas” com 6 músicas, gravada com ajuda do Diógenes Fischer (Superbug) saiu também pelo selo catarinense Low Tech. Algumas músicas de “Altas Horas” foram parar num vinil 7″ lançado pela japonesa Motorway.
Em 2001, já como Casino, o EP “Casino” (mmcd07) com 4 músicas.

24 – DOIS EM UM - Dias
faixa do disco de estreia da dupla, “Dois em Um”, lançado em 2009
mmcd23 - info / baixar ou comprar digital

25 - VIBROSENSORES – Escadas Rolantes
da primeira demo da banda, lançada em CDR e cassete em 1998
mm40

Luisa-mandou-um-beijo-na-praia-10---2009---Foto-de-Diego-Gonzalez
26 - LUISA MANDOU UM BEIJO – Amarelinha
faixa de abertura do 1º álbum da banda, lançado em CD em 2005, em parceria com a Volume 1
mmcd15 – info / baixar ou comprar digital
As primeira fotos do Luisa Mandou Um Beijo não eram tão reveladoras. A primeira “foto” de divulgação deles era uma tira em quadrinhos feita pelo Daniel (trumpetista). Essa na praia (©Diego Gonzalez) serviu para a divulgação do disco de 2009. Outro fato curioso é que o LMUB lançou 3 discos homônimos:
Luisa Mandou Um Beijo (2005)
Luisa Mandou Um Beijo (2009)
Luisa Mandou Um Beijo (2011)
(os dois primeiros em parceria com a Volume 1 do (Francisco Mitkus; o 3º em parceria com a editora Multifoco)
O LMUB teve disco distribuído na Argentina, Inglaterra e entrou em coletâneas no Japão, Cingapura e Itália.
Eles também se multiplicaram: Flávia Muniz Cirilo gravou discos solos lançados pela sensacional Elefant Records da Espanha, Fernando Paiva toca hoje no A Última Peça, Daniel Paiva tocava no Fanfarra Paradiso e o Pedro Paulo Lopes Pinto lançou com a gente umas músicas de um projeto solo chamado PP78.

27 - OS GAMBITOS - Summer Glory
do 1º EP digital “Salami” lançado em 2009
mm95 – info / baixar ou comprar digital

28 - SUPERCORDAS – Índico de Estrelas
faixa do 2º disco da banda, “A Mágica Deriva dos Elefantes”, lançado em 2012
mmcd32 – info / baixar ou comprar digital

29 - SCI FI - Trailer Park Boys
do mini álbum digital “Sci Fi” lançado em 2016
mm144 – info / baixar ou comprar digital

30 - FEEDBACK CLUB – Sister
da fita “Electric Compilation” lançada em 1996
mm24

apre_facebook1_por-dairo-ramon
31 - A PÁGINA DO RELÂMPAGO ELÉTRICO – A Reforma da Casa
Do mini-álbum digital “Maus Meses” lançado em 2016 pela própria banda e relançado logo depois pelo midsummer madness
mm146 – info / baixar ou comprar digital
A Página do Relâmpago Elétrico lançou por conta própria em 2016 o excelente disco “Maus Meses”. O Caio Otero (ex-Colombia Coffee) mostrou pra gente e a gente quis relançar na hora. “Maus Meses” é uma obra-prima das guitarras estridentes, do noise e da dificuldade de se encontrar.
“A Reforma da Casa”, uma das letras em português mais apaixonantes que você vai encontrar em todo catálogo do midsummer madness.

32 - KILLING CHAINSAW - Lollipop
música da 1ª demo da banda, lançada em 1988 e relançada no formato digital pelo midsummer madness em 2008
mm51 – info

gravacao disco2
33 - SMACK – Qu’est-ce Que Tu Pense
música do EP “3″ lançado em SMD em 2008
mmcd28 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD
Quem trouxe o Smack para o midsummer madness foi o Thomas Pappon. A gente já tinha lançado dois álbuns do The Gilbertos e um do Fellini quando o Thomas perguntou se o midsummer madness não queria lançar um EP novo do Smack. A gente tava tão duro, tão fodido, que o dinheiro para prensar o EP “3″ do Smack em SMD saiu de um fundo pessoal. O EP tem 5 músicas, todas do falecido Pamps, e uma delas com letras e voz de Arnaldo Antunes (Se Você). Foi gravado em 2007, com a formação original (Thomas, Pamps, Edgard e Sandra) e lançado em 2008.

34 -  O GARFO - Alpa Tino
faixa do EP “Epizod” lançado em CD em 2009.
mm106 – info / baixar ou comprar digital

foto-pb
35 - SLEEPWALKERS – She Has a Finger in Every Pie
faixa da compilação “Waiting for Santa Claus” lançada em fita cassete em 1996
mm19 – info
Em 1996 o Cigarettes foi tocar em Blumenau (SC) e voltou com as fitinhas do Sleepwalkers, banda do Cris Wolff V, da Sabrina e do Alex. Eram duas: “Steps of Ink Cat’s Design” e “Sick Brains in Sue’s Coffee” que a gente juntou como “Waiting for Santa Claus” (mm19).
O Sleepwalkers ainda lançou em 1997 sua 3ª fita, “Learn Alone or Read the User’s Manual”

36 - NUMBER 4 - Blond Hair
faixa da primeira fita cassete da banda “Blue” lançada em 1994
mm08

velouria-pb.jpg
37 - VELOURIA – All For Nothing
faixa da fita cassete “Mario Is Happy Now” lançada em 1995
mm10 – info
Em 1995 nós recebemos um monte de fitas de bandas de Fortaleza (achamos que a “culpa” era do Weaver Lima e seu Seres Urbanos). Entre elas, a fita “Mario Is Happy Now” do Velouria, que saiu como mm10 em 1995, com 7 músicas.
Formada por Regis Damasceno, Luciano Filho (depois Roberto Damasceno), Eduardo Vinícius e Júnior, o Velouria existia desde 1991 e estava prestes a lançar um CD junto com a Dead Poets (de Mário Quinderé, do Fish Magic). Em 1996 saiu o splid “No More Dancing Days”.
Hüsker Du, Wedding Present, Pavement e, claro, Pixies passeiam pelas melodias destes registros deliciosamente gravados no que havia de melhor na época.

38 - BEALLY – Song For a Feet
faixa do álbum digital “Songs For a Walk” lançado em 2008
mm90 – info

39 – THE VOLTAGE - God’s Glue
faixa do EP “The Voltage” lançado em CDR em 2004
mm66

40 – GRAPE STORMS - Letters & Tears
faixa da fita cassete e CDR “Grape Storms” lançada em 2000
mm48
Em 1997 aconteceu um festival em plena Avenida Paulista (SP) chamado Screamadelica, organizado pelo Gilberto Custódio Junior (hoje Locomotiva Discos) com brincando de deus, The Cigarettes, Comespace e Grape Storms. Não estamos inventando:

Foi lá que a gente viu um show do Grape Storms, de Goiânia.

A banda acabou em 1998 ou 1999, não temos certeza. Mas o único registro deles, uma fita com 7 músicas foi relançado em 2000 como mm48, já numa série denominada “Clássicos”. Não tinha nem 2 anos e já era um clássico!

A versão em CDR do midsummer madness tinha a cover para “Letter to Elise” do The Cure, “Letters & Tears” e 3 músicas extras que não faziam parte da fita.

41 - SONIC DISRUPTOR – Plastic Sunny Car
faixa da fita cassete homônima lançada pela banda em 1994 e depois distribuída pelo midsummer madness em 1995
mm12

42 - OLD MAGIC PALLAS – Stargazer
faixa da fita cassete “Pull My Daisy” lançada em 1995
mm14 – videoclipe

43 - BRINCANDO DE DEUS – So Strange (demo)
faixa da fita cassete “De Profundis” lançada pela banda em 1994 e distribuída pelo midsummer madness.
mmcd05

44 - PRIVATE DANCERS - Onnagata Otosan
faixa do EP digital “Music For Special Ocasions” lançado em 2007
mm73 – vídeo ao vivo

45 – SWEET FANNY ADAMS - Hate Song #3
faixa do segundo EP da banda “Fanny You’re No Fun” lançado pela Bazooka Discos e distribuído pelo midsummer madness em 2008
mm88 – info / baixar ou comprar digital

46 - SANTA PIPE – Free Hands (ep version)
faixa do EP de estreia “Santa Pipe” lançado em 2018
mms38 – info / baixar ou comprar digital

47 - SUPERBUG – Tangerine Limousine
faixa da fita cassete “Baby Baby” lançada em 1996
mm23

48 - TERRIBLE HEAD CREAM - The Piano Sounds As Happiness
faixa lançada no CDR “Last” em 2001
mm52

49 - VERANO – Lune Orange
faixa do EP digital “Stonehill Sisyphus” lançado em 2008
mm87 – info

50 - NERVOSO – Fim de Tarde em Bangadlesh
faixa do álbum de estreia “Saudade das Minhas Lembranças” lançado em CD em 2004
mmcd14 – info / baixar ou comprar digital / comprar CD

No Bandcamp as faixas bônus só aparecem quando você baixa ou compra a compilação.

Postado 14/08/2018 às 8:18

18 Years and only 3 official recordings: Valv

Valv---2017-©Pablo-Bernardo-(1)web

Valv formed in 2000 when four friends coming from different punk and hardcore bands of their hometown Belo Horizonte decided to embrace post hardcore, emo influences. At that time, emo wasn’t a bad word yet and Valv were listening to Sunny Day Real Estate, Fugazi and Mogwai.

Already experienced musicians, their powerful live performance soon got people’s attention. In 2001 they were one of the first indie Brazilian bands to go to prestigious South By Southwest Festival. Their trail blaze adventure was registered in a documentary for Brazilian TV – here.

Back in Brazil, their first EP “Ammonite” came out in 2001, with 6 songs. Some critics labeled it as post-rock. Indeed, Valv was support band to Mogwai when the Scottish toured Brazil in 2002, but that’s the closest they got to it.

In 2004, they released “The Sense of Movement“, their first and only full album till today. That’s when things started to change, band members moved to different cities and Valv went on halt in 2007.

It was only in 2016, after being asked two new songs for the soundtrack of a documentary, that Valv decided to end it’s hibernation. Remaining members Alessandro Travassos (guitars, vocals) and Luciano Cota (guitars) recruited new old friends from Belo Horizonte’s indie hardcore scene and recorded 5 new songs. “Nautilidae” is their new EP.

This means 18 years and 24 songs officially recorded. One would say this is laziness but it’s not. Valv’s songs are painful, the stories within it are real. Seeing from this point of view, it’s a fair amount of real life made public.

“Nautilidae” was released with the help of Canadian label Cuchabata.

Valv (live in 2016)

 

Postado 07/08/2018 às 8:47

Com 18 anos de estrada, Valv lança 3º gravação oficial

Valv---2017-©Pablo-Bernardo-(1)web

Vocês já sabem a estória: o Valv surgiu em 2000 da união de amigos que tocavam em outras bandas da cena de BH. Em 2001 eles lançaram o 1º EP, “Ammonite“, depois o único álbum cheio, “The Sense of Movement” saiu em 2004 e, só agora, em 2018, a banda lança seu 3º EP, “Nautilidade”.

Apesar da raridade de registros oficiais, o Valv sempre deixa sua marca quando lança algo. É como eles disseram numa entrevista recente à Marcos Tadeu da Rádio Inconfidência: “somos como fósseis”. O título dos EPs trazem esta referência: na biologia, Ammonite é um fóssil do Nautilus, que é uma espécie marinha ainda viva no sudoeste do Oceano Pacífico. O Nautilus é o cefalópode que ilustra a capa do EP “Nautilidae”.

Precedido pelos singles de “Driving in a Moonless Sky” e “New Ground”, o EP traz outras três músicas, num total de cinco novas gravadas de 2016 até 2018. “New Ground” é uma adaptação da banda anterior de Alessandro, a Yukon. “‘Driving in a Moonless Sky’ já é uma composição do Valv pós retorno, explica Luciano Cota, “Foram gravadas não com essa última formação, mas ainda com o Felipe Ghiroto no baixo (Alessandro, Luciano, Felipe e Filipe). O Bruno Martinho entrou depois, para gravar as outras 3 do EP“.

As capas do EP e dos singles foram feitas por Bruno Morais Assis, amigo da banda e guitarrista do Ourselves, Automatic Hi Speed, bandas de punk rock de BH da década passada.

Nautilidae foi lançado somente no formato digital. Ouça:
bandcamp: https://midsummermadness.bandcamp.com/album/nautilidae
Spotify: https://open.spotify.com/album/1TwKAgkpqlfUiO3C7mdtBV
Apple Music: https://itunes.apple.com/gb/album/nautilidae-ep/1416299388
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/69203222

O Valv toca neste sábado na Obra, em Belo Horizonte. Mais informações aqui.

 

Postado