random songs

\ZINE - outubro de 2015\

Cigarettes anuncia turnê pelo Nordeste

Cigarettes faz uma turnê pelo Nordeste para lançar seu 4º álbum, “The Waste Land”. Durante a turnê, tiragens limitadas no formato CD de “Waste Land” e também do disco anterior, “The Cigarettes” (de 2012) estarão a venda. Camisas de “Waste Land” também estão a venda, clique aqui e compre.

cartaz-Cigarettes_Nordeste_2015

Mais detalhes sobre cada um dos shows:
04/nov – quarta feira – Maceió
prévia do Festival Do Sol
The Cigarettes + Karaokê Holanda
20h – pague quanto você acha que vale o show
end.: Pub Fiction Rock Bar – Av. Dr. Antônio Gomes Barros, 1144 – Amélia Rosa / Maceió
https://www.facebook.com/pubfiction82

05 /nov – quinta feira – João Pessoa
Festival Mundo
The Cigarettes
20h – ingresso: ??
end.: Espaço Mundo – Praça Antenor Navarro, 53 – Varadouro – João Pessoa / PB
https://www.facebook.com/espacomundo

Antes, às 15h tem exibição completa da série O Outro Lado do Disco – a história recente das gravadoras independentes brasileiras também no Espaço Mundo, seguido (aprox. 16h30) de bate papo sobre selos independentes com Rodrigo Lariú, Fabrício Nobre e Ivan Ferraro.
end.: Espaço Mundo – Praça Antenor Navarro, 53 – Varadouro – João Pessoa / PB

06/nov – sexta feira – Natal
Festival DoSol - PALCO DOSOL
21H – RUÍDO DE MÁQUINA (RN)
21H45 – THE SINKS (RN)
22H30 – LÊ ALMEIDA (RJ)
23H15 – AEROMOÇAS E TENISTAS RUSSAS (SP)
00H- THE CIGARETTES (RJ)
00H45 – FUKAI (RN)
end.: Rua Chile – Ribeira – Natal / RN
Ingresso on line: http://www.festivaldosol.com.br/natal-rn
Ingresso físico: Chilli Beans Natal Shopping e Midway Mall
R$10,00 (promo/social)
https://www.facebook.com/events/633319783435355/

07/nov – sábado – Recife
The Cigarettes
Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado de Pernambuco
17h – ingresso: R$3 ou R$6
end.: Avenida Rui Barbosa, 960

Postado 30/10/2015 às 7:46

Primeiro disco de Frabin a caminho

frabin_top13-edit

“Real”, o primeiro disco de Frabin tem lançamento programado para final de novembro. O álbum será também o primeiro lançamento conjunto do midsummer madness e Balaclava Records, nos formatos digital e CD.

As 12 músicas que compoem o disco foram gravadas pelo próprio Victor, aka Frabin, mas foram masterizadas por Rob Grant no Poon’s Head Studios em Perth, Austrália.  Rob fez fama ao ajudar a gravar discos do Tame Impala, Melody’s Echo Chamber, Lenny Kravitz, Death Cab for Cutie, Miley Cyrus, além de várias bandas brasileiras como BIKE, The Outs e Julito Cavalcante. Rob gravou um vídeo e mandou para Frabin mostrando o processo:

Imagem de Amostra do You Tube

 

Postado 24/10/2015 às 10:04

Shows Brasil a fora

Semana e final de semana lotados de bandas do midsummer madness tocando em vários cantos do Brasil.

22/out
dois_em_um_sp22102015
Dois em Um São Paulo (SP)
Local: Casa do Núcleo – R. Padre Cerda, 25 – Alto de Pinheiros, São Paulo – SP
Horário: 20h
Informações/ Reservas: (11) 3032.8401 | 3815.9714
Valor do Ingresso: R$10
Site: http://www.casadonucleo.com.br/
Evento no facebook.

23/out
dois_em_um_bh_23102015
Dois em Um em Belo Horizonte (MG)
Local: Distrital – rua Opala, s/nº – Mercado do Cruzeiro – Belo Horizonte (MG)
Horário: 21h
Informações/ Reservas: (31) 32840709
Valor do Ingresso: R$20 antecipado (no sympla.com.br/cria )/ R$25,00 na portaria
e-mail: cria@criacultura.com.br
Site: facebook.com/odistrital
Evento no facebook

24/out
second_come_mancha_24102015

Second Come volta a SP depois de 20 anos, e toca na Casa do Mancha
Local: Casa do Mancha – rua felipe de alcaçova, s/nº – Vila Madalena – São Paulo (SP)
Horário: casa abre às 20h, show às 21h
Discotecagem por Lariú
CDs e camisas a venda no local
Ingresso: R$20
Evento no Facebook.

frabin_curitiba_24102015

Frabin toca em Curitiba
Três bandas do Coletivo Atlas no DamaDame: Frabin (SC), Marrakesh ʘ E Veenstra
Local: DamaDame – Rua Tenente João Gomes da Silva, 148 – Mercês – Curitiba (PR)
O evento começa 14h, e a entrada será R$10,00, cheguem cedo!
http://coletivoatlas.com/
Evento no facebook

25/out
festival_compacto_lavadivers

Lava Divers no Festival Compacto (Uberlândia / MG)
5ª edição do Festival, com E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, Caffeine Lullabies, Lava Divers e Desventura
Local: Groove Pub Udi – rua goiás, 253 – Uberlândia / MG
Evento no facebook

lautmusik_25102015

Lautmusik toca no Bar Ocidente em Porto Alegre em show beneficiente com Replicantes, Walverdes, Flu e outras bandas. A ideia é arrecadar alimentos e itens de higiene para os desabrigados das tempestades que assolaram a cidade.
Local: Bar Ocidente – avenida osvaldo aranha, 960 – Porto Alegre (RS)
Horário: 16h
Ingresso: $0 + alimento não perecível ou item de higiene pessoal
Evento no facebook.

29/out
mmgl_guananihostel29102015

My Magical Glowing Lens toca com a banda portuguesa Lavoisier em Vitória (ES)
Local: Guanani Hostel – Rua Coronel Monjardim, 49, Centro – Vitória (ES)
My Magical Glowing Lens: 20 horas e Lavoisier: 21 horas
Entrada: R$ 15,00 – Capacidade: 80 pessoas
Evento no Facebook.

A partir de 31 de outubro, My Magical Glowing Lens entra em turnê por Minas Gerais, veja as datas:
mmgl_tourne_mineira_2015

 

Dia 04 de novembro, o Cigarettes inicia uma turnê pelo Nordeste, lançando seu 4º álbum, “The Waste Land”. Versões limitadas em CD do álbum e também do disco anterior, “The Cigarettes”, estarão a venda na turnê. As datas e cidades confirmadas são:
04/11 20h – prévia DoSol c/ Karaokê Holanda (AL) no Pub Fiction – Maceió (AL)
05/11 20h – Festival Mundo – João Pessoa (PB)
06/11 00h – Festival DoSol – Natal (RN)
07/11 17h – Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado de Pernambuco – Recife (PE)

Postado 22/10/2015 às 11:46

As bandas falam

Uma série de entrevistas recentes com algumas bandas parceiras do midsummer madness. Segue abaixo alguns trechos e alguns links:

My-Magical-Glowing-Lens-com-O-Terno-7

My Magical Glowing Lens (foto) deu uma entrevista para o Raro Zine, pra falar sobre shows, turnês e montar uma banda:
Como foi feito o EP de estreia? E como foi a fase de compor o mesmo?
Gabi: Eu em casa, desesperada por transformação, mudança, fazendo de tudo pra não deixar que o mundo fosse só um mundo concreto. Agora eu tenho um equipo melhor, Dreaming Pool e Windy Streets foram gravadas com ele, mas no começo da gravação do EP eu tinha recursos mínimos: um notebook, meu amp Vox, a Sideral (minha guita) e exatamente três pedais (dois distortions e um delay). 3 músicas do EP foram gravadas com esse equipamento. Pouca gente sabe, mas All Right!, I Will Never Find e Summer Nowhere foram gravadas com o microfone que vem embutido no meu notebook, incluindo a voz, então você pode imaginar o esforço que foi para fazer isso soar bem.
Leia na íntegra clicando aqui.

Lava Divers deu uma entrevista muito legal ao necessário Scream & Yell:
S&Y: O EP também está liberado no site oficial da Lava Divers. O download gratuito ajuda vocês?
Ajuda e muito! Como somos uma banda nova, e estamos nos apresentando pela primeira vez pra maioria das pessoas, é mais do que válido permitir o download gratuito. Como vamos convencer alguém a ir ao nosso show sem ter escutado nossas músicas? Ou ainda, como instigar alguém a comprar o disco físico se ele não tem acesso tem às músicas. No nosso caso foi uma mão na roda. Nossa música tem chegado a lugares e pessoas que talvez não escutariam se não fosse dessa forma.
Leia na íntegra clicando aqui.

Electric Lo Fi Seresta está lançando seu álbum de estreia, “Noites Brancas”, pela Dufflecoat Records, e desabafou sobre a inépcia dos selos brasileiros. (Estamos incluídos?)
Q. Qual a dificuldade na sua opinião do Electric Lo-Fi Seresta e obvio outras bandas serem realmente valorizadas por aqui? (Vide que o disco só saira na gringa)
É, de fato foi mais fácil lançar esse disco (com o mínimo de atenção que acho que ele merece) por um selo gringo do que por aqui… é um tema complexo e difícil de ser sintetizado sem parecer unilateral e simplista. Então, para não ser repetitivo em relação ao que todo mundo já diz, vou tocar em tabu que me parece pouco dito de frente e às claras, fazendo, às vezes, a meu ver, a diplomacia rimar perigosamente com a hipocrisia: existem selos independentes brasileiros que há tempos vem incorporando o pior das antigas grandes gravadoras. Imagine se realmente tivessem a influência e o poder que acham que tem, iludidos pelo puxa-saquismo dos amigos… seriam piores que o jabá da Som Livre com o Chacrinha! O desejo de auto-promoção e a formação de “panelas media training” com tal finalidade aos poucos vai vencendo a curiosidade descompromissada em promover bandas novas e desconhecidas. Em alguns casos, felizmente são poucos (mas emblemáticos), é como se fosse as bandas que agora tivessem de promover os selos, e não o inverso… Cada um dá a direção que quer ao que faz, claro, mas querer tirar onda de vanguarda independente et cetera e tal, quando nos bastidores sabemos que a postura não é essa, mas frequentemente de arrogância, é de lascar. Isso existe em qualquer lugar do mundo, eu sei. Mas me parece que existe também um modo “à brasileira” de funcionar dessa forma e dada a limitação dos espaços independentes por aqui, acaba sendo mais danoso do que em países onde há mais espaço para todos na cena cultural alternativa. Contudo, não gasto energia me preocupando com isso. Fico ao lado da ação e jamais da reação, e esta questão quando me chama atenção, como agora, é mais por seu aspecto exemplar de “psicologia social” do que propriamente como músico.
Leia na íntrega lá no Blog That Celebrates Itself.

Postado

Lautmusik´s new album: The Cure and DC Comics

F

Lautmusik is releasing their 2nd album entitled “Juniper” today.
It will be available in digital and CD formats.

The album features 10 new tracks, produced by brazilian Eduardo Suwa that worked with the band in their previous album, “Lost in the Tropics” (2011).

Cover art was designed by Marcos Rudy who works for Marvel and DC Comics and often includes images linked to Lautmusik in Batman/Superman and Spiderman comics (see pictures below).

In 2011, Lautmusik opened gigs in Brazil for Radio Dept, A Place to Bury Strangers and was selected by Robert Smith himself to open The Cure´s show at São Paulo. “Juniper”, the new album, started being recorded in 2013 but soon Alessandra (vocalist) moved to the US to study. The band continued recording until Ale came back, in 2015, to finish the album.

This new album sounds like a mix of Siouxsie & the Banshees singing over a M83 or a speeded-up Mogwai instrumental. Have a try:

Digital album is available at https://midsummermadness.bandcamp.com/album/lautmusik-juniper  (hi-res mp3, flac and aiff – streaming and name your price digital sale)
and
http://mmrecords.com.br/lautmusik (streaming and three free tracks at 192 kbps)

Spotifyhttps://open.spotify.com/album/2ZOpWimoRlUqRNmw8mBj2k
Google Playhttps://play.google.com/store/music/album/Lautmusik_Juniper?id=Breky7xccg3mw5jpqpnfbk2icou
Deezer: http://www.deezer.com/album/11422518
Rdio: http://rd.io/x/Qj4dnxs/

Postado 12/10/2015 às 12:59

The Cigarettes lança versão em português de “Mandy V2″

A música “Mandy” é quase que uma carteira de identidade para o repertório recente do Cigarettes: ela começou a aparecer no ep homônimo de 2013, que foi lançado junto com o 3º álbum da banda; e veio logo em dose dupla: “Mandy (space)” e “Mandy (radio edit)”. No álbum novo, “The Waste Land”, ela surgiu com o sufixo V2, indicando uma “versão 2″, mais pesada e barulhenta. E agora ganhou versão em português, com o sugestivo título de “Mesmo Que Seja Esquisito”.

Imagem de Amostra do You Tube

A nova versão tem letra em português, e já chega com um vídeo da gravação da música (dirigido por Brunna Buzollo e Letícia Rezende). A música tem autoria de Marcelo Colares e Gustavo Seabra (Pelvs) e conta com a participação especial de Brunna Buzollo (guitarra, percurssão e voz) e Letícia Rezende (baixo).

O vídeo está sendo lançado em conjunto com The Blog That Celebrates Itself. A música está disponível para streaming na página da banda e pode ser comprada no bandcamp, como faixa bônus que acompanha o disco “The Waste Land”. Em breve, uma tiragem limitada em CD trará “Mesmo Que Seja Esquisito” também como faixa bônus.

 

Postado 08/10/2015 às 21:38

Lautmusik lança 2º álbum: “Juniper”

Lautmusik_cure2

“Juniper”, segundo álbum do quinteto gaúcho Lautmusik, demorou alguns anos para ficar pronto. Ainda em 2013, Alessandra deixou todos os vocais gravados e partiu para uma viagem de estudos que durou 2 anos. De volta este ano, a banda finalizou as músicas e finalmente o disco está sendo lançado. Alessandra foi para a Califórnia, de onde tirou a inspiração para o título do disco: “Estava fazendo mestrado em Stanford e, um dia, pensando em um título curto e fácil de pronunciar em vários idiomas, olhei pela janela do trem e vi vários Juniperus californica, a árvore da capa do disco, e acabou ficando“, relembra.

O álbum traz 10 faixas, todas inéditas, e está sendo lançado em 2 formatos: digital e CD. A versão digital está disponível para streaming na página da banda aqui no mmrecords (com 3 faixas para download grátis) e também para streaming e download em alta resolução no bandcamp do midsummer madness: https://midsummermadness.bandcamp.com/album/juniper

A capa do disco, uma versão estilizada do ramo de zimbro (ou juniper, a tal árvore californiana) é de Marco Rudy, um amigo da banda que desenha para a Marvel e para a DC Comics. Por causa disso, Alessandra e a banda já apareceram em quadrinhos na edição #76 de Superman/Batman e na edição #1 de Spider Man: 99 Problems. Veja as imagens.

Alessandra_Lehmen_na Superman_Batman_76

Alessandra é a menina de óculos atrás do Superman

A versão em CD traz as mesmas 10 faixas e está a venda por R$15 + frete na LOJA do midsummer madness.

Dia 13 de outubro, Lautmusik faz show de lançamento em Porto Alegre.

Postado 06/10/2015 às 16:59