xx

\ZINE - janeiro de 2007\

Antes, em Recife

teaser_flyer_noites_abrafin.jpg

Postado 30/01/2007 às 18:05

Saiu a escalação do RecBeat

Em Recife, claro.
Sábado – 17/02
19h30 – DJ Big & Confluência (PE)
20h30 – Erasto Vasconcelos (PE)
21h30 – Digital Groove (PE)
22h30 – Supergalo (DF)
23h30 – Zefirina Bomba (PB)
00h30 – Z’Africa Brasil (SP)

Domingo – 18/02
16h30 – Concentração do bloco Quanta Ladeira
20h30 – Canja Rave (RS)
21h30 – Rivotrill (PE)
23h00 – Isca de Polícia (SP)
00h15 – Digitaria (MG)
01h20 – Bonde do Rolê (PR)

Segunda – 19/02
17h00 – Recbitinho: Cia Teatro Rasgado / “O Pequenino Grão de Areia”
19h30 – Mellotrons (PE)
20h30 – Vanguart (MT)
21h30 – Raies Dança Teatro (SP)
23h00 – Mr. Catra (RJ)
00h00 – Instituto canta Tima Maia Racional (SP)
01h20 – Montage (CE)

Terça – 20/02
18h30 – Maracatu Nação Camginda Estrela (PE)
19h30 – João do Pife e Banda Dois Irmãos (PE)
20h30 – Parafusa & Trombonada (PE)
21h30 – Curumin & The Aipins (SP)
22h00 – 2IN-Par (Esp)
00h00 – Macaco Bong (MT)
01h20 – Tom Zé (BA)

Postado

Andam babando ovo do Luisa Mandou Um Beijo lá fora (de novo)

luisa-banner.jpg

Quem tinha dado o start foi o site Indie MP3, que voltou a elogiar a banda com o seguinte texto:

“My Indie mp3 colleague Magnus wrote about about brazilian band Luisa Mandou um Beijo in October 2005 and I must admit that I did not pay that much attention at the time. However whilst reading through some of the posts on Think Small, I found out that the band had release their 2005 self titled debut on the Aregueifa net label and, as I had nothing to lose, downloaded the album. And I am glad that I did!
This is indie pop at the top of its game. It features wonderful vocals provided by female vocalist Flávia Muniz complete with a horn section that makes most, if not all of these songs infectious listening. This is one enjoyable album. Dont worry about the band singing it their native Portuguese as indie pop as high quality as this surpasses any language constraints.

capa-coletanea-honey.jpgE parem as máquinas!
o Luisa mandou um beijo entrou em mais uma coletânea gringa, agora na Itália. Chama-se “Let it bee” do selo My Honey. Luisa participa com a música “Com um pote de geléia de morango nas mãos”, a música com motivo mais doce do primeiro álbum da banda lançado pelo midsummer madness em 2005. As outras músicas também falam de mel, flores e abelhinhas, tudo muito docinho. Alguns nomes legais na coletânea são Hacia dos Veranos, Watoo Watoo, Mocca, The Sherman’s e outros 15. Veja mais aqui

Postado 25/01/2007 às 11:58

Podcast no ar

Depois de alguns problemas técnicos, finalmente entra no ar o podcast do midsummer madness. No primeiro programa, Pelvs, Supercordas, Clap Your Hands e uma promoção. Clique no ícone acima, a direita, escute.

Postado 23/01/2007 às 10:32

MMFM 01 – primeiro podcast do midsummer madness

supercordas2.jpgPublicamos o primeiro podcast do midsummer madness: MMFM 01. É só clicar no ícone de streaming ou download no canto superior direito do site e ouvir.

Com aproximadamente 1h de duração, vamos tocar as bandas do midsummer madness, as novidades em CD que recebemos na loja, as demos mais legais que chegam via site e várias bandas que achamos legais, brasileiras ou não.

Neste primeiro podcast já temos uma promoção: escute a pergunta no programa e responda por email (info@mmrecords.com.br) para ganhar 1 CD Lembranças da minhas saudades – remixes memoráveis; uma camisa do NERVOSO E OS CALMANTES, mais um button do midsummer madness.

No primeiro programa temos Pelvs, Motormama, música nova do Jim Reid (ex Jesus & Mary Chain) e do Clap Your Hands Say Yeah (do disco novo, que sai em 2007), Supercordas (na foto acima), a demo do Jose Makes Machine, entre outras.

Escute e mande sua opinião.

Postado 22/01/2007 às 11:35

Superoutro toca em Recife

NOITES ABRAFIN (recife/pe)

08/02 – quinta feira – Volver (PE) + Brinde (BA) + DJ Lucho (RS) + DJ Claudão Pilha (MG)
09/02 – sexta feira – Vamoz (PE) + Special Guest + DJ F. Nobre (GO) + DJ PA (PE)
10/02 – sábado – Superoutro (PE) + Fossil (CE) + DJ set featuring Karine Alexandrino (CE) + DJ Lariu (RJ)

Horário: 23:00h (sempre após a programação oficial da Feira Música Brasil)
Local:Rua do Apolo, 219, Recife Antigo
Ingresso: R$5

Postado 21/01/2007 às 10:40

Pelvs no Woohoo

O pessoal da produção do canal de TV Woohoo compareceu ao show de lançamento do CD da Pelvs em novembro passado e gravou uma entrevista com a banda, que vai ao ar agora. Saiba mais no zine.

Postado 19/01/2007 às 11:42

Woohooo!

O pessoal da produção do canal de TV Woohoo compareceu ao show de lançamento do CD da Pelvs em novembro passado e gravou uma entrevista com a banda, que vai ao ar agora.

As datas da exibição do Papo Reto com a Pelvs: 23 de janeiro, terça-feira, às 22:45h – no WOOHOO por assinatura (no município do Rio estamos na operadoras Unicable nos seguintes bairros: Jacarepaguá, Paracambi, São João de Meriti, Guadalupe, Belford Roxo, Ricardo de Albuqueque, Anchieta, Campo Grande, Vargem Pequena e Edson Passos)

E 30 de janeiro, terça-feira, na faixa horário do WOOHOO na TV aberta, na CNT, das 13:30h às 14:30h.

mais em www.woohoo.com.br 

Postado

pgm 01

Postado 16/01/2007 às 21:27

Astromato

foto astromato vermelho

Astromato [astro-máto] veio de Campinas, SP, fazia roque em português desde 1998 e lançou seu primeiro disco, “Melodias de uma estrela falsa” (mmcd05, 1999) pelo midsummer madness. A banda começou mesmo em 1994, época do 1º JUNTATRIBO, festival independente que agitou a UNICAMP e o Brasil durante 3 dias naquele ano. O Weed (primeiro nome do Astromado) era uma típica guitar band brasileira daquela época: derivação dos ídolos, inglês abrasileirado e umas poucas fitas gravadas. Dai Pedro, um dos 3 fundadores (os outros dois são Armando e Fabrício) teve de morar fora do Brasil por 9 meses, voltando em 1998 com, ora veja, várias letras e músicas em português! Num churrasco descobriram que cantar em português mas continuar fazendo roque indie-saxão seria a melhor escolha, fumaram a Weed e fizeram crescer o Astromato.

Não demorou muito para gravarem a primeira fita, intitulada “Astromato” (relançada pelo midsummer madness na série clássicos como mm44) que traz as versões originais para Cadeia Alimentar, No Macio, no gostoso, Canção do Adolescente, Através da Chuva e Só não sabe disso. Todas estas músicas, mais várias outras da segunda fita (de 1999, “Sonhos em Hi-Fi”) foram regravadas no estúdio Piranha (de propriedade do Armando) e estão em “Melodias de Uma Estrela Falsa”. O CD traz 17 músicas e foi todo feito pela banda usando recursos e habilidades já usadas em prol de outras bandas locais. Fabrício (baixo e voz) fez a capa; Armando (guitarra e voz) foi técnico de estúdio e Pedro (guitarra e voz) tirou algumas das fotos que estão no encarte. Melodias… deixa clara a influência de Jesus & Mary Chain quando entra a gravação definitiva de No Macio No Gostoso com sua bateria eletrônica utilizada com uma simplicidade eficiente, define o bom gosto e a leveza das letras na música seguinte, Qualquer outra bobagem: “não quero parar de escrever todas estas bobagens mas talvez não fosse tão ruim se de repente eu começasse a pensar em ganhar dinheiro“, ou como em Eu não sei jogar com “mas eu não jogo futebol, nem baralho eu sei jogar, todo mundo joga e eu só sei olhar, porque eu só bato bola com você!” Canção do Adolescente é a prova de que Ride em seus últimos discos poderia ser o Legião Urbana do começo de carreira, coisa que se repete em Ter uma canção.

astromato-divulgacao-2-web

Sobre o disco:
Pequenos Clássicos Modernos – Miojo Indie revê o único álbum do Astromato e conclui que o disco é nota 10! – “a banda lançou em 2001 Melodias de uma falsa Estrela, um trabalho que pode ser firmado como um dos marcos da música independente brasileira, não apenas por seu direcionamento, mas pelo conjunto de letras e melodias apuradíssimas.” Leia mais aqui 

“Melodias de uma estrela falsa” foi escolhido o 2º melhor disco dos anos 90 numa lista de 50 títulos, pelo site Senhor F.

Entrevista para o blog Scream & Yellleia na íntegra aqui

Músicas como Dias Melhores, Através da Chuva e Sonho de Alta Definição são extensões do melhor do rock britânico do início da década de 90. O que chama mais atenção é a doce e sofisticada harmonia dos vocais dobrados, caso raro no rock nacional. 
[21/maio/ 2001] Carlos Marcelo para o Correio Braziliense

5 nomes que você deve ouvir em 2001… Rubinho Jacobina, Video Hits, Dudu Nobre, Wilson Simonal, ASTROMATO.
[12/ fevereiro / 2001] Pedro Só para a Usina do Som

O grupo representa um outro estágio no rock nacional dos últimos dez anos.
[05/ janeiro / 2001] – Bruno Saito para o ZAP! do jornal O Estado de São Paulo

Isso posto, cabe dizer que a longa duração (72 minutos) é a única crítica que se pode fazer ao ótimo primeiro CD do Astromato, Melodias de uma estrela falsa. O quarteto de Campinas (ex-Weed) debuta no valoroso selo independente Midsummer Madness. (…) Aqui como lá, há peso e ternura em doses iguais, pop poderoso e envolvente, que não ficaria deslocado no FM do carro. (…) Músicas boas o bastante para se ter certeza de que há de haver um segundo disco do Astromato. Questão de mérito e justiça. Porque este CD aqui é uma das melhores estréias dos últimos tempos.
[25 / janeiro / 2001] Arthur Dapieve para o site no.com.br

Um grande salto em relação às chamadas guitar bands nacionais: o Astromato, de Campinas, compõe e canta em português.
[30 / janeiro / 2001] Sílvio Essinger para o site Cliquemusic


Links interessantes que permanecem online:

Astromato executa No Macio, No Gostoso ao vivo na TV Cultura. Aqui
Perfil completo com história, fotos, discografia (incluindo demos), letras e clipping de imprensa compilados pelo amigo Andhye Iore de Maringá (PR). Aqui

Em 2002 o Astromato acabou. Seu último show importante foi em 2001, no Rio de Janeiro, quando abriu a noite para a banda escocesa Mogwai numa edição do festival Algumas Pessoas tentam te fuder. Armando montou o Ártico Blue enquanto Pedro e Fabrício montaram o Captador. Ártico Blue continua na ativa, lançou um EP pelo midsummer madness e outro pelo selo potiguar Musicland. Captador encerrrou suas atividades em algum lugar entre 2005 e 2006. Fabrício já está com músicas novas mas ainda não formou uma nova banda.

Postado